A Back Market é uma startup francesa dedicada ao mercado de tecnologia recondicionada. A empresa não vende equipamentos diretamente, mas sim através de uma certificação de parceiros que listam os seus produtos no seu Marketplace. No ano passado fez uma ronda de investimento, conseguindo angariar 120 milhões de dólares da Goldman Sachs, Aglaé Ventures e Eurazeo Growt.

A startup voltou a fazer mais uma ronda de investimento de Série D de 276 milhões de euros recentemente, que conta com a participação de investidores como a General Atlantic, com o apoio da Generation IM e dos atuais investidores Aglaé Ventures, Eurazeo, Goldman Sachs Growth Equity e daphni.

A empresa chegou agora a Portugal, afirmando que pretende mudar os hábitos de consumo de tecnologia dos portugueses e mostrar que é possível confiar em produtos recondicionados. Ao mesmo tempo, pretende contribuir para reduzir o impacto ambiental causado pela tecnologia.

tek back market

Com origem na França, desde 2014 que a Back Market se afirma como uma das primeiras empresas ligadas a equipamentos recondicionados na Europa. Este agregador conta com mais de 1.500 parceiros certificados a vender, numa única plataforma, os equipamentos, contabilizando 1,5 milhões de clientes em dados de 2019. Neste momento encontra-se presente em 14 países, e para além de Portugal vai chegar também em breve à Suécia, Eslováquia e Canadá.

Afirma que aposta forte no controlo de qualidade, através dos seus padrões rigorosos e testes, que são igualmente exigidos aos seus parceiros. É a estratégia utilizada para obter um maior grau de satisfação dos clientes, assim como confiança dos consumidores na marca, e ao mesmo tempo, no mercado de equipamentos recondicionados. Além disso, pretende fomentar a vertente sustentável e democratizar este mercado, oferecendo preços mais baixos relativamente aos novos.

Segundo Thibaud Hug de Larauze, CEO do Back Market, “a criação de um mercado de economia circular em produtos tecnológicos é imperativa nos dias de hoje, sendo fundamental para resolver a crise crescente de lixo eletrónico, que está a causar graves danos ao meio ambiente. Os recondicionados são a escolha mais económica e sustentável do mercado e, apostando na qualidade, conseguimos que os consumidores valorizem cada vez mais esta alternativa”.

O capital angariado na recente ronda de investimento vai ser investido na qualidade e satisfação do cliente e serviços, e ajudar os seus parceiros a tornarem-se mais eficientes e a aumentarem as suas vendas, e com isso cimentar a internacionalização da marca.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.