Bancos como o Banif, o Montepio Geral, o Millenniumbcp ou o Crédito Agrícola já iniciaram a migração dos cartões fornecidos aos clientes. Da tradicional banda magnética os cartões de débito e crédito vão passar a utilizar um chip que aumenta significativamente a capacidade de armazenamento de dados e os mecanismos de segurança associados.



O Millenniumbcp já avançou com esta migração nos cartões de crédito, o Montepio optou por começar com os cartões de débito e o Banif avançou em toda a linha, tal como o Crédito Agricola, detalha a edição de hoje do Diário Económico.



O BES prepara para este ano a migração nos cartões de crédito e remete para 2007 a aplicação do processo aos cartões de débito. O Santander Totta está ainda a traçar um calendário.



A segurança dos cartões de pagamento electrónicos ficou na ordem do dia depois das notícias recentes de um esquema fraudulento que, em vários pontos do país, fez a clonagem de cartões deste tipo, posteriormente usados para fazer transacções ilícitas.



Sondados sobre o assunto, os bancos revelam que estão já avançados no cumprimento do quadro legal europeu traçado para esta área que impõe uma uniformização de normas usadas nos cartões de débito e crédito, com a utilização da mesma tecnologia de chip em todos os produtos existentes no mercado. A medida visa incrementar a segurança e eliminar as diferenças entre pagamentos domésticos e internacionais.



Hoje existem em Portugal 17 milhões de cartões de pagamento electrónicos, dos quais apenas 2,63 por cento estão equipados com chip, cerca de 359 mil. Nas máquinas o processo de actualização está mais avançado e 98 por cento dos ATMs suportam já a nova tecnologia. Nos terminais de pagamento (POS) a taxa de conversão é de 38 por cento, revela o DE com base em dados da SIBS.



Os cartões de nova geração juntam a utilização de um PIN com um sistema de autenticação que pressupõe a troca de mensagens encriptadas. Desta forma, garante-se que os novos cartões funcionem em todo o tipo de terminais e que suportem um novo conjunto de funcionalidades que vão muito além das exploradas hoje em dia, como o carregamento no cartão de bilhetes de espectáculos, o pagamento directo de pequenos serviços, etc.



Notícias Relacionadas:

2006-09-09 - Burla informática com cartões de pagamento electrónico motiva sete detenções

2006-09-08 - Empresas emissoras de cartões juntam-se para uniformizar normas de segurança

2005-07-12 - SIBS vai avançar com plataforma de autenticação forte para homebanking

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.