No final deste ano existirão mais 382,5 milhões de novos clientes de telefonia móvel em todo o mundo. A previsão é da In-Stat, que atribuiu a quebra de novos subscritores à saturação do mercado e aos efeitos negativos da situação económica actual.



Comparativamente a 2006, os resultados esperados para este ano representam uma descida acentuada no que se refere a novas adesões. Isto porque, há dois anos o número de novos subscritores ascendia aos 667,6 milhões.



Desde então, tem sido notório um abrandamento na procura de serviços de telefonia móvel, principalmente nos países desenvolvidos. Os indicadores de crescimento provêem maioritariamente das regiões emergentes, onde o número de utilizadores de telemóveis e de subscritores de serviços móveis tem vindo a aumentar continuamente.



Neste segmento, as regiões que mais se têm destacado são a Índia, China e outros países asiáticos, onde as primeiras aquisições de telemóveis têm sido cada vez mais frequentes, mesmo que os equipamentos comprados não sejam tão desenvolvidos como os adoptados nos mercados maduros.




Notícias Relacionadas:

2008-05-28 - Vendas de telemóveis recuam na Europa Ocidental pela 1ª vez em 7 anos

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.