A cantora e compositora tinha-se juntado à equipa da Blackberry a 30 de janeiro de 2013, na altura em que foram apresentados os smartphones que tencionaram marcar um ponto de viragem na estratégia da empresa - nomeadamente o primeiro modelo sem teclado.

A "contratação" de Alicia Keys pode ser comparada à de Lady Gaga feita pela Polaroid há dois anos atrás, para desenhar alguns produtos - que ainda não viram a luz do dia - , ou de Will.i.am, que integra os The Black Eyed Peas, que se mantem como diretor criativo da Intel.

No caso da Blackberry, os resultados financeiros não têm sido os melhores, logo a parceria terá deixado de fazer sentido. A empresa apresentou prejuízos de 4.400 milhões de euros entre julho e setembro, e de mil milhões no trimestre anterior, quando há um ano atrás ainda conseguia ganhar dinheiro com o seu negócio.

Os maus resultados já se refletiram no despedimento de quase todos os elementos de direção da empresa e de mais de 1.000 colaboradores.

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.