Era esperada uma receita no valor de 220 milhões de dólares, o que faria com que a empresa não tivesse qualquer lucro, mas também não apresentasse prejuízo. Os investidores foram surpreendidos com o valor final de 249 milhões e com o lucro de cinco cêntimos de dólar em cada ação.

O resultado vem maioritariamente do segmento de software, com a empresa a registar um aumento de 26%  em relação ao mesmo período do ano passado na receita dessa unidade.

Em 2016, o diretor executivo da BlackBerry, John Chen, anunciou que a empresa iria abandonar o negócio dos telemóveis, os quais passariam a ser fabricados por terceiros.

“Estamos a construir fundações muito sólidas para o nosso negócio e estamos a dar a volta por cima”, referiu à CNBC, o responsável. Apesar de alertar que ainda “existem muitos obstáculos no caminho da construção do negócio”, defendeu que a BlackBerry se tornou “uma boa empresa de software com bons resultados financeiros”.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.