No negócio a BT vai investir 12,5 mil milhões de libras, o equivalente a 16,5 mil milhões de euros. A aquisição foi possível depois de chegar a acordo com a Orange a Deutsche Telekom, que repartiam o capital da EE, depois de em 2010 terem fundido os respetivos operadores móveis no mercado britânico e criado a empresa.



O negócio deverá estar concluído em março do próximo ano. Além do dinheiro, a Deutsche Telekom e a Orange vão receber ações da empresa. A primeira fica com 12% do capital e a segunda com 4%.



A aquisição marca o regresso da BT ao mercado móvel. O incumbente britânico já cobriu a área móvel, através da BT Cellnet, mas há mais de uma década dividiu a empresa e deixou de explorar a componente móvel, que vendeu à Telefónica espanhola. Volta a jogo comprado o maior operador móvel do Reino Unido.

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.