A Cabovisão anunciou um volume de negócios de 95,9 milhões de euros para os primeiros nove meses do ano. O resultado representa um crescimento de 11,4 por cento, face ao período homólogo do ano passado. O EBITDA fixou-se nos 26,6 milhões de euros, aumentando 20,5 por cento, enquanto o cash flow operacional melhorou 23 por cento para os 31 milhões de euros.



No período em análise a empresa ultrapassou os 660 mil serviços activos. Destes, 251.789 são clientes de televisão por cabo, 87.888 usam canais premium, 115.916 Internet de banda larga e 205.818 telefonia fixa, detalha um comunicado. O mesmo documento precisa que nos primeiros nove meses do ano a operadora adicionou à sua base 82.864 novos clientes, num crescimento de 14,3 por cento. O número de clientes que optam pela oferta triple play (voz+Internet+televisão) aumentou 31 por cento, enquanto o número de clientes empresariais cresceu 48 por cento. A receita média mensal por cliente fixou-se nos 42 euros, melhorando 6 por cento.



No comunicado a Cabovisão acrescenta que tem como objectivo ser "o operador de telecomunicações de maior sucesso em Portugal". Para o conseguir pretende "aproveitar as várias oportunidades em aberto no mercado português, focar a actividade actual nas grandes áreas de crescimento, direccionar o seu desempenho ao mais alto nível de qualidade e cumprir as suas responsabilidades relativamente às comunidades onde opera".



A empresa acrescenta que a operacionalização dos seus objectivos será facilitada pela adopção de uma "nova estrutura organizacional que permita uma gestão mais focalizada". É ainda referido o interesse em apostar no desenvolvimento de novas áreas de negócio, como a área empresarial.



Notícias Relacionadas:

2005-04-18 - Cabovisão quadruplica velocidade nas ofertas de banda larga mantendo preços

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.