A iniciativa está integrada numa das parcerias público-privadas que enquadram vários projetos europeus realizados num modelo de parceria entre a Comissão Europeia e empresas ou entidades representativas da indústria.



No caso da PPP para a Internet do futuro, a tranche de investimento agora anunciada coloca no terreno uma terceira fase da iniciativa lançada em 2011 com um investimento global de 100 milhões de euros.



Prevê-se que nesta terceira fase do projeto cerca de mil empresas beneficiem do apoio concedido ao desenvolvimento de aplicações que ajudem a desenvolver a Internet do futuro e outros serviços digitais em áreas como os transportes, a saúde, o fabrico inteligente, a energia e os meios de comunicação social.



A iniciativa materializa-se através de 20 consórcios, onde se incluem entidades de crowdfunding; capital de risco; associações; empresas tecnológicas, entre outros. O convite à apresentação de propostas foi já lançado.



"Os consórcios serão selecionados pela forma como pretendem maximizar o impacto económico do seu financiamento no ecossistema da Internet", detalha a CE numa nota de imprensa.



Ontem foi anunciado outro investimento de peso da Comissão Europeia na área da inovação. São 22 mil milhões de euros para ao longo dos próximos sete anos serem aplicados a investigação e inovação. O modelo é também o de partilha de responsabilidades e investimentos entre CE e empresas privadas.

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.