A animação que habitualmente invade Las Vegas no início de janeiro com a maior feira de tecnologia dos Estados Unidos, e uma das maiores do mundo, vai ser este ano remetida para um formato puramente virtual. A CTA - Consumer Technology Association, a associação de tecnologia que organiza o evento, mostrou hoje como vai funcionar a plataforma e partilhou dados da agenda, numa conferência de imprensa que também decorreu online.

É uma "All-Digital CES 2021" e Gary Shapiro,  presidente e CEO da CTA não escondeu que a decisão de mudar para um modelo digital foi difícil, mas admite que foi a melhor escolha e que permitiu à organização concentrar-se na plataforma que permitisse aos expositores e visitantes ter a melhor experiência possível.

A ideia é que a plataforma consiga aos participantes ter acesso a "visitas" aos stands dos expositores, e ao mesmo tempo fazer ligações com as marcas e também com outros participantes, através de chats e reuniões que podem ser agendadas online.

A  CES 2021 vai decorrer entre os dias 11 e 13 de janeiro de 2021 e o primeiro dia é reservado integralmente à imprensa, com conferências e apresentações numa agenda que começa logo às 7 horas da manhã EST para conciliar melhor os fusos horários nas duas costas dos Estados, Europa e Ásia. São 20 conferências no dia 11, mas no total da CES 2021 estão previstas 120 sessões em 16 línguas. A exposição continua a ser também o centro da CES, e vai ser possível "visitar" os stands dos expositores, e conversar sobre os produtos.

Para além dos três dias e exposição, a plataforma vai ficar aberta até 15 de fevereiro para acesso aos conteúdos das conferência e para continuar a suportar as reuniões e conversas entre os participantes, afirmou Karen Chupka, vice presidente executiva da CES.

Apesar da mudança de formato, está garantida a presença de mais de mil empresas na CES 2021, e há também espaço para as startups do Eureka Park. Em vez de palmilhar dezenas de quilómetros de chão de feira, entre as quatro áreas principais de exposição em Las Vegas, os visitantes só têm de fazer uma pesquisa por palavra chave e "mudar de janela" para visitar outro expositor.

Nos últimos anos o SAPO TEK tem sido presença assídua na feira em Las Vegas, acompanhando os principais anúncios e experimentado os gadgets mais inovadores, mas este ano a participação também vai ser só virtual, como aconteceu com o Web Summit 2020.

Investimento de antecipação

"Estamos a trabalhar desde março com a possibilidade de passar a digital e vimos muitas plataformas [...] chegámos à conclusão de que tínhamos de desenvolver a nossa e trazer mais valor, nas reuniões e em conseguir uma serendipity", afirmou Gary Shapiro na conferência de imprensa.

A plataforma foi desenvolvida em parceria com a Microsoft e o presidente da CTA não quis revelar valores, mas disse que é um número com 7 dígitos. "É caro, também estamos a sentir os efeitos da pandemia", justificou.

"Reimaginámos o show para permitir  a experiência digital, de forma lógica, sem pés cansados e conseguimos ser muito eficientes na aproximação [...] sabemos que não é o mesmo mas queremos que seja consistente com a CES que conhecemos", adiantou ainda.

Os participantes já se podem registar e a CTA afirma que quer manter a CES como uma feira profissional, por isso vai validar o perfil. Os bilhetes vão custar 149 dólares, o que é justificado pelo acesso à conferência, à experiência e aos contactos que podem ser feitos durante um mês, até 15 de fevereiro.

E o futuro da CES, será virtual? Em 2022 a organização quer recuperar o modelo presencial e já tem muitas empresas com espaço reservado. Gary Shapiro lembra que na Ásia já há eventos grandes que vão funcionar presencialmente e acredita que quando a pandemia estiver controlada nos Estados Unidos, com a vacina a ser administrada, Las Vegas vai voltar a ser o centro da CES, com milhares de expositores e visitantes.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.