A Cofina terá adquirido um milhão de acções da PT Multimédia, passando a controlar mais de 2 por cento do capital da empresa. A tomada desta posição qualificada no capital da PTM é noticiada pela Reuters, que cita fontes próximas do processo para avançar a notícia.



A operação ter-se-á realizado esta manhã e custado à Cofina 11,99 euros por acção. De acordo com a mesma fonte, a Cofina tinha no final de 2006 um total de 309,1 milhões de acções da empresa detentora da TV Cabo, que nos próximos meses deverá sair do controlo accionista da Portugal Telecom.



Na edição de hoje do Diário Económico é relatado o mesmo interesse da Cofina na PT Multimédia. O jornal também dá com certo o reforço de posição de Paulo Fernandes na empresa e sublinha o interesse de outro concorrente no processo de spin-off que se avizinha, Joaquim Oliveira, que na passada sexta-feira comunicou o reforço da sua posição na empresa multimédia para os 3,77 por cento.



O jornal refere outros potenciais interessados na PTM como a Impresa, detentora da SIC, ou Pais do Amaral que já liderou a TVI.



Recorde-se que o grupo Portugal Telecom controla actualmente 58,4 por cento da PT Multimédia, activo que se comprometeu a alienar no âmbito do processo da OPA da Sonaecom.



Notícias Relacionadas:

2007-05-16 - CGD reforça posição na PT Multimédia

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.