Uma notícia hoje publicada no jornal The Times fez disparar os preços das acções da Portugal Telecom ao adiantar que um consórcio de private equities se prepara para lançar uma OPA concorrente à PT nas próximas semanas. Miguel Pais do Amaral estará envolvido neste consórcio que está disposto a pagar 14 mil milhões de euros pelas acções da PT.

A notícia não foi ainda confirmada mas coloca o preço da PT cerca de 30 por cento acima do valor oferecido pela Sonae na OPA lançada no início deste ano. Belmiro de Azevedo tinha-se proposto pagar 9,50 euros por cada acção da PT quando esta nova oferta coloca o valor nos 12,4 euros, adianta o Jornal de Negócios online.

Na sequência da publicação da notícia as acções da Portugal Telecom subiram perto de 5 por cento naquela que é a maior subida num só dia dos títulos da operadora desde o lançamento da OPA pela Sonaecom.

Do consórcio que está a preparar a OPA fazem parte a Cinven, Blackstone, KKR, Pacific, Permira, Providence e Texas, tudo empresas de private equity que se juntam ao empresário português Miguel Pais do Amaral que já tinha revelado a sua intenção de lançar uma oferta concorrente à da Sonaecom.

Notícias Relacionadas:

2006-03-07 - PT quer distribuir 3 mil milhões de euros pelos accionistas e admite autonomizar negócio grossista fixo
2006-02-06 - Sonae SGPS lança OPA sobre Portugal Telecom

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.