Uma sondagem realizada online pela Multidados revela que 39,7 por cento dos portugueses utilizam a Internet para consultarem o email, mantendo-se a aplicação mais popular entre os internautas nacionais. Para 16,7 por cento dos inquiridos a consulta de portais temáticos é a principal causa de utilização da Internet, enquanto para 10,9 por cento o principal motivo de acesso à web são os downloads.



O relatório, efectuado com base em entrevistas a 853 utilizadores, refere que para a maioria (cerca de 30 por cento) o período de acesso à Internet decorre geralmente entre as 18 e as 22 horas, para 25 por cento o período preferencial de acesso é entre as 8 e as 13 horas, enquanto 23 por cento acedem entre as 14h30 minutos e as 18 horas.



Para 42 por cento dos inquiridos a Internet em Portugal é boa, para 35 por cento normal e para 10,9 por cento fraca. Apenas 10,1 por cento dos inquiridos consideram a actual oferta de Internet como muito boa e 1,9 por cento como muito fraca, revelam os dados apurados entre 14 de Junho e 06 de Julho deste ano.



No que respeita aos locais de acesso 58,4 por cento dos inquiridos acedem à net a partir de casa, 33,9 por cento a partir do emprego e 6,2 por cento a partir da escola. Face a dados apurados pela Multidados em 2002, o número de utilizadores que acedem à Internet a partir de casa aumentou ligeiramente, cerca de 7,4 por cento.



Voltando ao correio electrónico, a maioria dos utilizadores inquiridos usam os serviços do Hotmail (53,6 por cento), 26 por cento o IOL, 16,7 por cento o Sapo e 16,3 por cento no Clix. No que respeita às mensagens de correio electrónico não solicitado a maior parte do utilizadores (45,5 por cento) admite "ver por alto" e 7,4 por cento dizem mesmo que reenviam este tipo de mensagens se consideradas interessantes, acções pouco coincidentes com os conselhos das empresas de segurança. Ainda assim, uma percentagem elevada (29,2 por cento) apaga imediatamente as mensagens.



Para a maioria dos inquiridos (42 por cento) a utilização semanal de Internet concentra-se em mais de 15 horas, sendo que os motivos pessoais constituem o principal pretexto para usar a rede. No que se refere aos programas de conversação o messenger é o mais utilizado por 14,4 por cento dos inquiridos.



Notícias Relacionadas:

2002-06-23 - Lares em primeiro no acesso nacional à Internet

2001-09-20 - MultiDados revela estudo sobre correio electrónico

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.