O Governo português pode estar interessado na criação de um grupo de telecomunicações luso-brasileiro. Essa possibilidade foi avançada pelo ministro das Obras Públicas, Transportes e Telecomunicações, Mário Lino, a membros da imprensa portuguesa à margem do workshop da iniciativa "Compro o que é nosso".




Citado pela Lusa, o ministro refere que a criação de uma instituição dessa natureza é "um bom projecto" já que, para além de juntar dois países com "laços culturais muito fortes", une "duas economias" sendo a brasileira uma "economia emergente e com grande futuro".




O ministro refere que "o Governo português está interessado em tudo o que promova o desenvolvimento das empresas portuguesas", garantindo que dará "todo o apoio para que avancem bons projectos".




A imprensa brasileira já começou a especular acerca da criação de uma possível operadora, referindo que a sua constituição "reuniria a Brasil Telecom e Oi no Brasil e, muito possivelmente, a Portugal Telecom".




Portugal já marca presença no mercado brasileiro de telecomunicações através da participação de 50 por cento do Grupo PT na empresa de comunicações móveis Vivo.




Desde o final do processo da OPA da Sonae a PT tem avaliado a estratégia de participações no Brasil. A reavaliação da parceria com a Telefónica na Vivo está em marcha e, mais recentemente, Henrique Granadeiro confirmou a existência de contactos entre a PT e o operador brasileiro Telemar, processo que entanto cessou.




Notícias Relacionadas:

2007-06-05 - PT confirma contactos com Telemar mas garante que já cessaram

2007-05-30 - PT pode avançar com proposta para compra da Telemar

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.