A nova administração dos CTT, liderada por Luís Nazaré, quer explorar duas novas áreas de negócio fora da actividade central dos Correios, as telecomunicações e a banca. Segundo uma notícia hoje avançada pelo Jornal de Negócios, o ministro das Obras Públicas, Transportes e Comunicações, Mário Lino, terá já demonstrado a sua concordância com a estratégia que ditou a escolha de Luís Nazaré para a Administração da empresa, dada a sua experiência anterior no sector.



A nova administração dos CTT foi ontem nomeada em Assembleia-geral e é presidida por Luís Nazaré, ex-presidente da Anacom e que estava actualmente no conselho consultivo da PT. Entre os nomeados para a administração da empresa constam ainda Pedro Santos Coelho (que vem da Portugal Telecom), José Mata Costa (também ex-quadro da Portugal Telecom), Marcos Baptista (que passou pelas Águas de Portugal) e Raul Mascarenhas (que vem da Accenture).



Segundo a notícia do jornal, os CTT poderão tornar-se um operador móvel virtual, explorando serviços de nicho através das redes de outros operadores móveis, mas só quando esta figura for regulamentada pela Anacom. Recorde-se que não existe nenhum operador móvel virtual a operar no mercado nacional, embora várias empresas prestem serviços de operador fixo virtual usando a rede da PT Comunicações.



O Público tinha noticiado ontem que alguns dos negócios realizados durante o mandato do conselho de administração liderado por Horta e Costa vão ser analisados pela Inspecção-Geral das Obras Públicas, Transportes e Comunicações, para onde o ministério de Mário Lino remeteu as diversas queixas recebidas em relação aos actos de gestão desta equipa. Carlos Horta e Costa, ex-presidente dos CTT, já refutou as acusações de que é alvo, afirmando-se disponível para responder em processos de investigação sobre a sua gestão da empresa.

Notícias Relacionadas:

2005-04-15 - Operadores móveis virtuais multiplicam-se na Europa maximizando vantagens para o mercado
2004-07-26 - IBM e CTT alargam contrato de prestação de serviços à área de gestão aplicacional
2004-02-02 - Governo e privados assinam acordo para criar 550 novos postos públicos de Internet

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.