Numa altura em que as grandes empresas tecnológicas se encontram sob escrutínio pelas autoridades norte-americanas por questões de antitrust e concorrência desleal, Elon Musk veio dizer no Twitter que a Tesla está empenhada em acelerar a energia sustentável e não “esmagar a concorrência”. Nesse sentido, a fabricante de automóveis salienta que está disponível para licenciar software e fornecer baterias e transmissões.

A mensagem surge em resposta a um artigo publicado pela Teslerati sobre as fabricantes alemãs terem planos para alcançar a Tesla no seu desenvolvimento de carros elétricos. As próprias marcas não negam o avanço tecnológico da empresa de Elon Musk, com a própria gigante Volkswagen a referir que a Tesla está 10 anos à frente dos seus rivais, publicou a Reuters.

A Audi não vai tão longe, mas o seu novo CEO, Markus Duesmann, também destaca a vantagem de dois anos no que diz respeito à arquitetura computacional e software. Mas também na tecnologia de condução autónoma.

Anteriormente, quando a Mercedes-Benz e a Toyota foram acionistas na Tesla, tiveram acesso ao fornecimento de baterias e transmissões. Este tipo de parcerias poderá acontecer com outras marcas de automóveis, segundo refere Elon Musk.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.