O emprego nas indústrias de tecnologia e serviços de conhecimento intensivo na União Europeia cresceu mais rapidamente do que as restantes actividades entre 1996 e 2001, revelam dados estatísticos recentes do Eurostat. A taxa média anual de crescimento foi de um por cento na indústria de média e alta tecnologia, face aos 0,5 por cento gerais, e três por cento nos serviços de conhecimento intensivo, comparativamente a um crescimento global de 2,1 na mesma área.



Em 2001, a proporção de actividades ligadas à alta tecnologia no total de emprego na União Europeia era de 7,6 por cento para a indústria da alta e média tecnologia, e de 32,9 por cento em serviços de conhecimento intensivo, revela o organismo estatístico da UE.



Com 11,2 por cento, a Alemanha mantinha a liderança no emprego para o sector da indústria da alta e média tecnologia - onde, entre outras, se incluem fábricas de equipamentos para a área das comunicações e indústrias químicas e de aparelhos eléctricos -, seguida pela Suécia com 7,9 por cento. O Luxemburgo registou a taxa mais baixa, com 1,2 por cento, seguido pelos 2,3 por cento da Grécia.



O Eurostat revela que o emprego em indústrias de alta e média tecnologia em 2001 continuava a ser pouco expressivo em Portugal, que apresentava uma taxa inferior a metade da média comunitária. Os indicadores relativos a 2001 mostram que apenas 3,6 por cento do total do emprego em Portugal estava concentrado no sector em causa, contra os 7,6 por cento na média da UE. Mesmo a região portuguesa que regista a maior percentagem de "emprego tecnológico", Lisboa e Vale do Tejo (4,8 por cento), continua muito abaixo da média dos Quinze.



No que diz respeito aos serviços de conhecimento intensivo - onde se incluem os correios, telecomunicações, transportes e actividades financeiras, entre outros -, a liderança cabe à Suécia, com 45,7 por cento. Seguem-se a Dinamarca (42,7%), o Reino Unido (40,3%) e a Holanda (40%). Os valores mais baixos verificaram-se em Portugal, com 19,1 por cento.



Notícias Relacionadas:

2002-10-18 - Comissária para o Emprego e Assuntos Sociais quer mais desenvolvimento de competências digitais

2001-07-20 - Sector tecnológico fomenta emprego na União Europeia

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.