O número de internautas na Espanha é actualmente de 7,4 milhões – em 2000
eram 5,5 milhões –, o que significa que 21,2 por cento da população espanhola com mais
de catorze anos acede à Net. De acordo com as informações fornecidas pelo Estudio General de Medios para a
Investigación de los Medios de Comunicación, este número representa um
aumento de 0,9 por cento em relação ao último período analisado.



O estudo relativo a este ano foi feito a 14.700 indivíduos e revelou que
seis em cada dez internautas acedem à Web a partir de casa, um valor que tem
vindo também a aumentar. Por outro lado, o número daqueles que o fazem a
partir do local de trabalho tem decrescido, com apenas três em cada dez
utilizadores a fazê-lo. As universidades e centros de estudo são os locais
eleitos por outros 10 por cento dos internautas.



Quanto à utilidade da Web, 92,2 por cento afirma navegar pela rede, o que
significa que 8 por cento acede apenas à sua conta de correio electrónico,
ou procura serviços muito distintos das páginas Web.



A percentagem de internautas de classe média é que desceu um ponto, em
relação ao 12,3 por cento registados no ano anterior, para 11,4 por cento.
No que toca aos utilizadores da classe mais alta a percentagem manteve-se
igual nos 18,6 por cento. O perfil do utilizador comum da Net em Espanha
continua ser masculino 59,7 por cento – ainda que a diferença em relação à
mulher seja agora menor – a idade varia entre os 25 e os 34 anos (32 por
cento) e 43,2 por cento pertencem à classe média.



Notícias Relacionadas:

2001-04-09 - Espanha incentiva desenvolvimento da banda larga

2001-01-15 - Espanha e Suécia na cauda da Europa nos negócios online

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.