Diversas queixas efectuadas por consumidores levaram o procurador-geral de Nova Iorque, Andrew Cuomo, a processar a Dell e os serviços financeiros da empresa por "promessas falsas, não cumprimento de garantias ou de contractos de serviços", entre outros processos, escreve a Reuters.



O estado de Nova Iorque quer que a Dell compense os utilizadores afectados com as falsas promessas da empresa através do pagamento e de uma quantia monetária ainda por especificar.



Em declarações à Cnet, Bob Pearson porta-voz da fabricante norte-americana referiu que a Dell "está confiante que as suas práticas são justas e apropriadas" e que por isso vai recorrer do processo. O mesmo membro afirma que a queixa do procurador-geral é baseada "numa pequena fracção de o total de transacções da empresa em Nova Iorque".



Bob Pearson salienta ainda que o processo não está relacionado com a investigação do regulador dos mercados financeiros às contas da Dell.



Notícias Relacionadas:

2007-05-07 - Dell junta-se à parceria Microsoft/Novell para a interoperabilidade de sistemas

2007-04-20 - Dell volta a comercializar computadores equipados com Windows XP

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.