A Europa tem vindo a tornar-se numa fonte destacada de spam, garante um relatório da Commtouch redigido com base nos dados apurados no seu centro de detecção de spam. De acordo com estes números, os últimos seis meses revelam um aumento significativo das mensagens de spam com origem na Europa, sobretudo em países como a Alemanha, França, Reino Unido e Espanha.



O documento explica que o aumento dos níveis de spam nestes países contribui para um incremento global, uma vez que os números nos países que tradicionalmente originam mais spam se mantêm elevados, diz um comunicado.



Em Fevereiro, as mensagens de spamem circulação tiveram origem em 172 países, dos quais 24,7 por cento do volume total era europeu, mais que a Coreia e Japão, onde o contributo foi de 24,4 por cento, ou que os Estados Unidos onde foi originado 22,8 por cento de todo o spam em circulação naquele mês.



A Commtouch apurou ainda que os serviços de email gratuitos continuam a reunir preferências junto dos spammers. O Yahoo, Hotmail e MSN são os mais apetecíveis com 8,58 por cento, 4,3 por cento e 3,41 por cento das mensagens de spam detectadas em Fevereiro a passarem pelos seus domínios. Em média no mês passado circularam diariamente na net quase um milhão de mensagens de spam (967,437 mensagens).



Notícias Relacionadas:

2004-11-28 - Spam e vírus aumentam 200% no período do Natal

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.