A Federal Trade Commission,
organismo federal dos Estados Unidos responsável pela regulação das
actividades económicas nesse país, aprovou ontem a venda por 2,05 mil milhões
de dólares de maior parte do negócio de drives de discos rígidos da IBM à japonesa Hitachi, informou a agência Reuters. Contudo, o acordo necessita ainda
de ser aprovado por outra jurisdição.

As duas companhias planeiam combinar os seus negócios de drives de discos
rígidos numa joint-venture em que a Hitachi irá deter inicialmente uma
quota de 70 por cento. A empresa japonesa prevê tomar o controle total da
nova companhia passados três anos. A Hitachi prometeu tornar o negócio
lucrativo no ano fiscal que se inicia em Abril de 2003, período em que espera
obter receitas no valor de cinco mil milhões de dólares.

Segundo alguns analistas, será necessário uma grande reestruturação para que
tal aconteça. As vendas de drives de discos rígidos, tal como
aconteceu a outros componentes informáticos, foram afectadas por uma fraca
procura e uma acentuada descida dos preços durante o ano de 2002.

Como parte de uma estratégia para que o seu negócio volte a registar lucros, a
IBM vendeu também durante este ano outras divisões que estavam a ter um
desempenho negativo. A Hitachi e a IBM viram já anteriormente a transacção
aprovada em matéria de concorrência pela Comissão Europeia e pelo Conselho Administrativo de
Defesa Económica
do Brasil.

Notícias Relacionadas:
2002-08-06 - CE
autoriza Hitachi a comprar negócio de drives de disco rígido da
IBM

2002-06-05 - Hitachi
adquire unidade de discos rígidos da IBM

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.