As fundações de Bill Gates e Carlos Slim, milionário mexicano, juntaram-se para apoiar iniciativas que fomentem o desenvolvimento de novas tecnologias e soluções de produção agrícola que possam contribuir para reduzir a fome em África.



As duas organizações emitiram um comunicado conjunto divulgando a colaboração e o interesse comum em tecnologias que ajudem a aumentar a produtividade da agricultura nas regiões mais pobres do mundo.



A cooperação materializou-se no apoio a um conjunto de atividades desenvolvidas no Centro Internacional de Melhoramento de Milho e Trigo no México e em verbas para novas investigações, que serão operadas através de um novo centro de I&D ligado àquela instituição com inauguração prevista para esta quarta-feira.




Como explica o comunicado, o centro mexicano tem sido um dos pilares da investigação científica e tecnológica nesta área, trabalhando ativamente em projetos que têm como objetivo encontrar formas de produzir mais e melhor em regiões do globo onde isso não é possível com os métodos e os recursos da agricultura convencional.




Criar sementes mais resistentes ou desenvolver técnicas que tornem a agricultura viável em locais áridos ou com pouca água contribuem para a dar autossuficiência a muitas populações carenciadas e, reforça o comunicado, combater de forma eficaz o problema da fome.




As duas fundações colaboraram agora com este centro que, além do México, tem representações em diversos outros países do mundo, como a China, Índia, Afeganistão, Colômbia, Etiópia ou Turquia.

Escrito ao abrigo do novo Acordo
Ortográfico

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.