O anúncio foi feito na sexta-feira, já ao final do dia, e permite à Google fazer o pleno: em quatro semanas a gigante da Internet comprou quatro empresas, uma em cada semana. A nova aquisição é a DocVerse, uma empresa especializada na edição de documentos Office (criados com o Microsoft Office) na Internet.

A empresa agora adquirida foi criada em 2007 em São Francisco por dois veteranos da Microsoft que apostaram na disponibilização de um editor de documentos do Office online quando a Microsoft ainda não mostrava qualquer interesse nessa estratégia. Como já é habitual, o valor da compra não foi revelado.

Na sequência da compra a DocVerse suspendeu as novas adesões ao serviço básico e às versões pagas, mas promete uma continuidade e melhoria da experiência para os actuais utilizadores.

Embora a visão da Google com o Google Docs tenha sido precisamente de criar, editar e manter os documentos de produtividade "na nuvem", com compatibilidade assegurada com o Microsoft Office, esta aquisição reforça as competências internas da empresa na interligação com o Office e na edição de documentos online.

Nas últimas semanas a Google comprou o motor de busca Aardvark, o serviço de correio reMail e o editor de imagens online Picnik, tudo serviços Web com ligações ao conceito de cloud computing.

Nota da Redacção: Foi feita a correcção no nome de uma das empresas recentemente compradas pela Google.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.