A Google pode ter que pagar mil milhões de dólares à Apple em 2014 para continuar a ser o motor de busca padrão no iOS. Em 2009 a empresa de Mountain View pagou cerca de 84 milhões de dólares pelo mesmo tipo de acordo, mas o aumento de dispositivos com o sistema operativo móvel da marca da maçã fez aumentar a despesa.

Além do crescimento do número de utilizadores do iOS em si, o pagamento por dispositivo também deve aumentar segundo uma previsão da Morgan Stanley, citada pelo Business Insider. Em 2012 o preço pago por dispositivo era de 3,2 dólares, este ano deve ser de 3,3 dólares e em 2014 o valor deve aumentar para os 3,5 dólares.

Caso o acordo entre as duas tecnológicas seja feito com base nas receitas da Google, os valores podem atingir patamares semelhantes tendo em conta que os resultados financeiros da Google têm evoluído positivamente ao longo dos últimos trimestres.

Apesar da rivalidade que tem sido travada pelas duas empresas, a Google reconhece a importância que é manter-se como motor de busca padrão num dos mais importantes ecossistemas de dispositivos móveis, sob pena de ver a Microsoft avançar com o Bing para ocupar a posição.

O Bing, que recentemente foi ultrapassado pelo Yandex em taxa de utilização mundial, é atualmente o motor de busca pré-definido nos dispositivos Nokia e BlackBerry.

Ainda que diretamente a Google não tenha retorno financeiro igual ou superior ao dinheiro investido, a quantidade de dados que assimila dos utilizadores de iOS valem milhões à empresa noutras áreas como na publicidade móvel.

Num outro relatório, e a título de comparação, a Mozilla Foundation prevê que no próximo ano vai receber uma soma avultada da Google, cerca de 400 milhões de euros, para que o motor de busca da empresa de Mountain View esteja pré-definido no browser.

Resta saber se a Apple está disposta a renovar o contrato com a Google ou se vai continuar a optar pela estratégia de ter smartphones e tablets menos dependentes dos serviços da rival. O Youtube deixou de vir instalado de origem e em 2012 os Google Maps foram trocados pelos Apple Maps.

Por outro lado a Google pode negociar o valor tendo em conta o peso que os smartphone Android, especialmente os da Samsung, têm ganho no mercado a nível mundial. A fabricante sul-coreana terminou o ano de 2012 como líder global de telemóveis e smartphones.


Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.