A Google e a Renault revelaram uma parceria a longo prazo para desenvolver a arquitetura digital dos automóveis do grupo da fabricante francesa, aquilo que apelidam de Software Defined Vehicle (SDV). E no processo acelerar a digitalização do grupo francês de automóveis. O objetivo da parceria é desenvolver componentes de software tanto onboard como offboard dedicados ao SDV, assim como mover as operações do grupo Renault para a cloud.

O objetivo passa também pela criação de um Ditital Twin de um veículo que contará com recursos avançados de inteligência artificial, que servirá como base a uma integração mais fácil e contínua de novos serviços para os automóveis, assim como a criação de novas aplicações para a mesma. A Google diz que a utilização de um modelo operacional na cloud permite obter maior agilidade, desempenho e rentabilidade.

Luca de MEO, CEO do Grupo Renault, explica que a arquitetura eletrónica dos automóveis é cada vez mais complexa, é mais sofisticada em funcionalidades e serviços esperados pelos clientes. A plataforma vai permitir atualizações contínuas “over the air” e os técnicos vão aceder de forma mais simples aos dados dos veículos. Essa transformação vai ainda aumentar o valor residual, assim como a retenção pós-venda, “que são dois dos principais impulsionadores do nosso desempenho financeiro”.

A parceria assume-se igualmente importante para a Renault na sua transformação digital, que segundo Luca de Meo, vai desde o design do automóvel até ao seu lançamento no mercado, passando pela produção. E com isso, juntar o software da Google com a mobilidade da Renault “para criar tecnologias revolucionárias”. A colaboração vai ajudar a reduzir os custos de produção dos veículos, melhorar a sua eficiência, flexibilidade e velocidade no desenvolvimento dos automóveis. E com isso, aumentar o valor dos mesmos para os utilizadores, pelos constantes serviços e inovações de software.

Algumas das vantagens do SDV baseado no Google Cloud passam pela manutenção preditiva, assim como melhorias na deteção e retificação de falhas em tempo real. Oferecer aos condutores uma experiência mais personalizada do veículo, através de serviços do automóvel, que se adaptam aos comportamentos de condução, tais como os destinos frequentes, tais como as estações de carregamento.

Esta nova geração de veículos poderá também oferecer modelos de seguro mais dinâmicos, baseados na utilização real e comportamentos de condução. As plataformas SDV e a Car data Platform da Renault vão permitir monitorizar e analisar o padrão de uso dos veículos e dessa forma analisar as necessidades e comportamentos dos clientes, oferecendo serviços personalizados para si.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.