Começar pequeno e acabar grande. É nisto que a Google acredita. Foi assim que aconteceu com a empresa e é assim que gostaria de ver acontecer com outras entidades. O Google Campus em Madrid, Espanha, vai ser mais um centro de apoio a startups na Europa.



Em comunicado a empresa justifica a escolha de Madrid pelo espírito empreendedor próspero que se vive atualmente na cidade espanhola. A abertura está prevista para 2015.



A Google defende que além de ajudarem na resolução de problemas do quotidiano, estas empresas estão a potenciar as economias locais. Por exemplo, no Google Campus de Londres já foram angariados mais de 34 milhões de libras em investimentos e criados cerca de 570 postos de trabalho.



Os Google Campus acabam por funcionar como encubadoras de startups, onde as jovens empresas têm acesso a um conjunto de condições que podem ajudar a fazer crescer os seus negócios. E não se trata só do facto de estarem sob a alçada e o nome da Google, trata-se também do acesso a mentores e ferramentas que noutras condições podiam exigir investimento às startups.



Varsóvia, na Polónia, São Paulo, no Brasil e Seoul, na Coreia do Sul, são outras três localizações que vão receber um Google Campus no médio prazo.



A gigante dos motores de busca promove ainda intercâmbios entre os seus centros de apoio a startups para que os empreendedores possam ter contacto com outras realidades, novas tecnologias e novas formas de pensar e investir.


Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.