A reforma do código vai traduzir-se numa "ampla revisão", garante o Correio da Manhã que avança a notícia. Citando fontes do gabinete do secretário de Estado da Economia, o diário explica que um dos objetivos da medida é a proteção dos consumidores mais jovens, sobretudo no que se refere às alterações previstas para a publicidade em redes sociais.



A alteração do Código da Publicidade atualizará a legislação que regula esta atividade em domínios que passaram a ser utilizados por boa parte da população nos últimos anos, um universo onde abundam públicos mais vulneráveis.



O novo pacote legislativo já estará a ser preparado pelo ministério da economia mas irá também envolver outras entidades, que serão chamadas a dar o seu contributo para o processo.



O Correio da Manhã revela mesmo que haverá já um conjunto de propostas iniciais apresentadas e discutidas pela da Comissão da Publicidade do Conselho Nacional do Consumidor.

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.