A Greenpeace lançou um desafio à indústria das TI, nomeadamente às tecnológicas Cisco, Dell, Fujitsu, Google, HP, IBM, Intel, Microsoft, Nokia, Panasonic, Sharp, Sony, Sun Microsystems e Toshiba. Abordando a temática do aquecimento global, desafia os responsáveis fazerem das alterações climatéricas uma oportunidade de negócio.

Alegando que 2009 será um ano vital na luta contra as alterações ambientais, a ONG explica que "as empresas que tomarem iniciativa neste desafio verão a sua quota de mercado subir" assim que perceberem que o suporte a plataformas amigas do ambiente marcará a diferença no segmento das TIC.

Segundo a Greenpeace, o empenho das empresas pertencentes ao sector das TIC, através de politicas mais verdes, poderá contribuir com uma redução de até 15 por cento nas emissões de produtos tóxicos para a atmosfera.

Como tal, a organização pede que as empresas publicitem os seus apoios ao acordo de Kyoto, que passará à próxima fase em Dezembro deste ano, que exerçam pressão junto dos seus governos como mesmo fim.

Pede ainda que os fabricantes minimizem as emissões de tóxicos prejudiciais ao ambiente e que assegurem a utilização de energias renováveis dentro das suas infra-estruturas.

No âmbito do seu guia trimestral para uma electrónica mais verde a organização refere que irá avaliar o comportamento das empresas abrangidas pelo desafio. Para tal, contará com as respostas dos CEOs de cada uma.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.