A circulação de veículos com motores de combustão interna vai continuar a ser permitida no país, a proibição só se aplicará à venda de veículos, com o objetivo de reduzir progressivamente essa frota. Em causa estão princípios ambientais e a intenção de reduzir a quantidade de emissões de CO2 no país.

Para que a proposta se converta em lei tem de ultrapassar mais alguns momentos no processo legislativo e garantir o apoio do senado. A medida foi originalmente proposta pelo partido trabalhista e na primeira apresentação pública, à camara baixa do parlamento holandês, recebeu luz verde.

Na Europa há outras regiões com planos ambiciosos para a redução de emissões de CO2, um dos mais arrojados será o da cidade de Oslo, na Noruega, onde se debate uma proposta para proibir a utilização de veículos de transporte privado dentro da cidade a partir de 2019.

 

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.