A HTC vai dispensar 15% da sua força de trabalho, uma vaga de despedimentos que deverá afetar cerca de 2.300 trabalhadores da tecnológica. O anúncio chega pouco tempo depois da apresentação dos últimos resultados financeiros e nos quais a empresa de Taiwan apresentava uma quebra de 60% nos lucros.

O despedimento de trabalhadores faz parte de uma reestruturação maior que a tecnológica vai protagonizar e que passará pela criação de novas unidades de negócio, assim como por um maior foco nas áreas de maior lucro - como os smartphones premium, salienta a empresa em comunicado.

Realidade virtual e dispositivos wearable são áreas nas quais a empresa vai querer apostar mais ao longo dos próximos trimestres.

Com todas as mudanças a HTC espera gastar menos 35% de dinheiro com despesas de operações, o que ajudará a equilibrar as finanças da tecnológica.

Dado o momento menos positivo da HTC, a aquisição por parte da Asus foi uma hipótese que esteve em cima da mesa, mas que acabou por ser descartada.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.