Na semana passada o Facebook deu a conhecer os resultados financeiros do último trimestre de 2019 e do ano global, confirmando uma quebra de lucros de 16% relativamente a 2018. Apesar de a empresa de Mark Zuckerberg não discriminar os valores apresentados no relatório relativamente ao Instagram e ao WhatsApp, a Bloomberg avançou esta terça-feira que o Instagram poderá ter contribuído para mais de um quarto das receitas do Facebook, gerando cerca de 20 mil milhões de dólares em publicidade o ano passado.

A serem confirmados, os valores dos anúncios revelados por fontes anónimas ao site ultrapassam os do YouTube divulgados esta segunda-feira. No caso da plataforma da Google, a receita publicitária rondou os 15 mil milhões de dólares em 2019, o que significa uma diferença de cerca de cinco mil milhões de dólares relativamente ao Instagram.

O Facebook, que detém o Instagram e o WhatsApp, fechou o ano de 2019 com lucros de 18.485 milhões de dólares, o que representa uma descida de 16% face a 2018. No que diz respeito às receitas, a empresa alcançou 69.655 milhões de dólares o ano passado, um aumento de 27% face aos 55.013 milhões de dólares faturados no final de 2018.

Resultados Financeiros do Facebook
Dados do quarto trimestre de 2019 e do ano de 2019

Quanto ao último trimestre do ano passado, a rede social viu os seus lucros aumentarem em 7% para os 7.349 milhões de dólares, em comparação aos 6.882 milhões de dólares nos últimos três meses de 2018.

Apesar da queda de lucros em 2019, Mark Zuckerberg afirma em comunicado que o Facebook registou um “um bom trimestre e um final de ano forte, à medida que a nossa comunidade e negócios continuam a crescer”. A rede social tem agora, segundo os dados do relatório, 1.660 milhões utilizadores ativos diários, o que significa um aumento de 9% em relação a 2018, com os utilizadores mensais a crescerem até aos 2.500 milhões.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.