Os resultados da Intel cairam 56% no primeiro trimestre de 2009 numa comparação com o período homólogo mas Paul Otellini mantém o optimismo, adiantando que as vendas de PCs já atingiram o nível mais baixo nestes primeiros meses e que vão começar a recuperar.

Os lucros da Intel ficaram-se nos 647 milhões de dólares no primeiro trimestre fiscal, uma descida significativa face ao 1,4 mil milhões de dólares de 2008. As receitas também baixaram 27% para os 7,1 mil milhões de dólares

Numa declaração que acompanhou os resultados, Paulo Otellini, CEO da Intel, diz acreditar que a indústria está agora a regressar aos padrões normais, influenciados pela sazonabilidade. "Acreditamos que o pior já passou, do ponto de vista de correcção de inventário e do ajustamento das procura", adiantou durante a conference call.

As vendas de processadores baixaram no mercado de notebooks e de desktops, sendo as vendas de 219 milhões de dólares para os processadores Atom enquanto a divisão de processadores para desktops e servidores registou vendas de 4 mil milhões de dólares face aos 5,4 mil milhões do ano anterior.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.