Os custos de produção do iPhone 5 são mais elevados do que os suportados pela Apple no iPhone 4S, cifrando-se num total de 207 dólares por unidade, revela hoje um relatório preliminar da empresa de estudos de mercado iSuppli.


O valor aplica-se à versão com 16GB do iPhone 5, com o aumento dos custos de produção a ser justificado pela utilização de novos materiais e tecnologias, principalmente ao nível do novo ecrã, do chip para suporte a redes 4G/LTE e também do novo processador A6.


Segundo os dados publicados pela iSuppli, os custos totais de produção do iPhone 5 com memória interna de 32GB sobem para os 217 dólares, enquanto a versão de topo, com 64GB de capacidade de armazenamento, custa 238 dólares a produzir. Os valores já incluem o custo da mão-de-obra em fábrica, que é de 8 dólares por cada unidade produzida.


O quadro de valores de produção disponibilizado pela iSuppli mostra que o novo ecrã de 4" que equipa o iPhone 5 é a componente mais cara: 44 dólares por unidade; segue-se o sistema de suporte a redes de comunicações (34 dólares por unidade), as duas câmaras usadas no smartphone (18 dólares) e o novo processador A6, cada uma a custar 17,5 dólares.


No sentido inverso estão os custos que a Apple tem com a memória flash usada no seu novo iPhone. Segundo a iSuppli, a versão com 16GB possui um custo estimado de 10,40 dólares por cada chip, quando há cerca de um ano esse valor era de 19,20 dólares.


"O preço das memórias flash NAND continua a descer, à medida que os processos de fabrico desses chips são mais avançados" refere o analista Andrew Rassweiler no comunicado da iSuppli, adicionando o facto de a Apple ser "o maior comprador do mundo deste tipo de memórias", o que lhe garante "preços preferenciais".


Conheça os custos de produção do iPhone 5, discriminados, no quadro seguinte:

[caption]Nome da imagem[/caption]


Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.