Os adolescentes que fazem um uso regular do PC, na escola ou em casa, apresentam melhores resultados escolares, sobretudo nas disciplinas ligadas à matemática, revela um estudo divulgado ontem pela OCDE.



O documento, que teve como objectivo analisar o acesso às tecnologias da informação pelos jovens em idade escolar para cerca de 40 países, apurou que os jovens habituados ao uso do computador têm resultados médios superiores na matemática, face aos alunos que não têm acesso regular ao PC ou o utilizam há pouco tempo.



O documento sublinha o facto dos adolescentes entre os 15 e os 16 anos sem acesso a PC terem na maioria dos casos um aproveitamento medíocre, isto embora o estudo também justifique que a não utilização de PC em casa nestes jovens está associada ao facto deles pertencerem a famílias desfavorecidas.



"O efeito positivo do uso regular de um computador é evidente", diz o estudo referindo os exemplos da Alemanha, Austrália, Bélgica, Coreia do Sul, Estados Unidos e Suíça.



Por géneros, o documento apura que as raparigas têm mais dificuldade em dominar as funções informáticas que os rapazes, sobretudo que respeita à programação ou às apresentações multimédia.



Notícias Relacionadas:

2004-12-02 - Tecnologia influencia positivamente aprendizagem em crianças com mais de 3 anos

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.