A Logitech anunciou que em 2009 não conseguirá cumprir as metas financeiras a que se tinha proposto e por isso levará a cabo um conjunto de medidas de reestruturação que lhe permitam melhor enfrentar a crise, que na perspectiva da empresa, irá piorar nos próximos meses.

Neste âmbito, 15 por cento da força de trabalho do grupo será dispensada. Em números, a estimativa deverá corresponder a pouco mais de mil trabalhadores, já que no total a companhia emprega cerca de 9 mil colaboradores.

A companhia, que lidera o mercado mundial de ratos para computador, espera que as medidas anunciadas produzam efeitos já no primeiro trimestre fiscal de 2009.

O TeK já contactou a divisão portuguesa da Logitech que até à hora de publicação da peça ainda não tinha fornecido informações sobre a forma como o plano internacional de reestruturação pode afectar as operações locais.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.