A Agência Lusa e a RTP assinaram hoje um protocolo para desenvolvimento de uma plataforma electrónica comum. O objectivo passa também por criar uma marca global de informação em português.

A parceria prevê a criação de um espaço online "onde se integrará uma selecção do fio noticioso da RTP e da Lusa e uma base de dados sobre história, instituições, pessoas e eventos da comunidade de falantes de português", estabelece a minuta do protocolo.

Para além dos conteúdos informativos, espera-se que a plataforma sirva de intercâmbio entre aqueles que têm o português como idioma.

A ausência de uma marca global de informação em português que permita competir no mercado informativo com outras línguas e o esforço de consolidação das finanças públicas a que ambas as empresas estão vinculadas por serem do sector empresarial do Estado são duas das razões que motivam o projecto.

De acordo com a informação avançada, a televisão pública e a agência noticiosa articularão o seu trabalho no "fornecimento de conteúdos, gestão de soluções técnicas e de imagem", garantindo o acesso aos seus conteúdos para que estes sejam editados e integrados na plataforma.

O modelo de pagamento será definido de acordo com o valor do trabalho e conteúdo com que cada empresa contribua para o projecto e está também prevista a integração de soluções comerciais acordadas pelas empresas - revertendo as receitas integralmente para o projecto.

No âmbito do acordo ficaram estabelecidas também a partilha de meios de telecomunicação e escritórios de delegados e correspondentes, por exemplo, e o desenvolvimento de parcerias no âmbito da formação profissional na área do jornalismo multimédia.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.