Em causa estarão mais de 5.000 postos de trabalho, tendo em conta os cerca de 107 mil funcionários com que a fabricante fechou o ano de 2013.

O anúncio da decisão surgiu no dia a seguir à apresentação dos resultados financeiros do último trimestre da empresa, que registou de uma queda de 13% nos lucros.

Os responsáveis da Intel dizem querer focar a sua estratégia em "segmentos de maior crescimento", numa altura que o mercado de PCs continua a não querer mostrar sinais favoráveis.

"Estamos a alinhar os nossos recursos humanos de acordo com as necessidades do negócio", referiu à Reuters o porta-voz da Intel Chris Kraeuter.

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.