A Panda Software informou que, ao longo do segundo trimestre, cerca de 90 por cento do correio empresarial recebido era catalogado como spam. No mês passado a taxa de correio electrónico não desejado recebido chegou a ultrapassar aquela percentagem, o que faz de Junho o mês em que se observaram os valores mais elevados até aqui.




Os números apresentados pela empresa de segurança resultam dos dados fornecidos por companhias que contrataram o serviço de gestão TrustLayer Mail que detectou o malware Netsky.P, o mais frequente de entre os códigos maliciosos encontrados nas mensagens não solicitadas analisadas. Entre as ameaças mais assinaladas destacam-se três variantes do troiano SpamtaLoad.




Esta família de troianos tem sido responsável por vários problemas de segurança ao longo dos últimos anos. A última situação mais problemática ocorreu em Novembro do ano passado, quando uma variante do SpamtaLoad provocou milhões de infecções em computadores de todo o mundo.




De acordo com a Panda, durante a fase de testes, o TrustLayer Mail detectou "98,5 por cento de todo o spam, contando igualmente com um rácio de falsos positivos de apenas 1 em cada 27.905 mil mensagens processadas".




Notícias Relacionadas:

2007-05-29 - Origem do spam concentrada em duas centenas de grupos

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.