A procura por uma conectividade móvel sem limites continua a atrair muitos novos players WLAN (Wireless Local Area Networks). De acordo com um estudo recente da IDC, o mercado europeu de hotspots aumentou em mais de 327 por cento durante o ano passado, dos 269 pontos de acesso registados no final de 2001 para cerca de 1.150 localizações em finais de 2002.



Segundo a consultora, em 2001 a utilização de hotspots WLAN na Europa Ocidental arrancou de forma muito lenta, devido em grande parte à existência de quadros regulatórios muito restritivos em algumas zonas do Velho Continente.



Com um quadro regulamentar mais liberal, a excepção aconteceu nos países nórdicos, salienta a IDC, acrescentando que nas regiões onde se optou por mudar as leis foram anunciados novos conjuntos de hotspots.



Em 2003 prevê-se que novos players continuem a entrar no mercado e que as empresas especializadas em WLAN comecem a apostar na disponibilização destes serviços públicos ao mesmo tempo que se espera que também os operadores incumbentes acrescentem serviços deste género à sua oferta móvel actual.



Notícias Relacionadas:

2003-01-10 - Wi-Fi Alliance cria programa de certificação para espaços de acesso à Net nos EUA

2002-07-10 - Cisco instala hotspots de redes locais sem fios em aeroportos europeus

2002-07-05 - Redes locais sem fios de acesso público não ameaçam comunicações 3G na Europa

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.