No próximo ano, o mercado europeu da grande Rede será dominado pelos desenvolvimentos no acesso por banda larga à Internet, na televisão digital (DTV) e na indústria de música online, segundo um estudo recente da Jupiter MMXI, uma empresa de consultoria e pesquisa da Internet.

De acordo com o estudo da Jupiter MMXI, em 2002 deverá igualmente verificar-se a duplicação do número de lares europeus com acesso em banda larga. O Reino Unido e a Itália são os países onde se constata o maior crescimento do acesso em banda larga em casas de habitação, número que deverá crescer ainda mais no próximo ano.



A Bélgica e a Suécia continuam a liderar, com a maior percentagem de lares com este tipo de ligação à Internet na Europa, com 12 por cento e 18 por cento, respectivamente. No entanto, a banda larga na Europa não irá aumentar significativamente antes de 2006, altura em que, segundo as previsões da Jupiter MMXI estará presente em 15 por cento dos lares.

Quanto a tecnologias usadas, aquela consultora defende que começa em Satélites bidireccionais, fibra óptica em casa e acaba em diversas alternativas de acesso fixo sem fios, que começarão a ser divulgadas em grande escala, em 2002.


Por outro lado, a Jupiter MMXI estima que perto de 25 por cento de todos os lares da Europa deverão ter DTV até ao final do próximo ano. No Reino Unido, que actualmente tem a maior taxa de penetração de DTV no mundo, 50 por cento dos lares Britânicos terão DTV até ao fim de 2002. As receitas provenientes dos serviços interactivos na TV permanecerão significativamente baixos, comparativamente às verificadas nas ligações do PC à Internet em 2002.

Na Europa, empresas de música online como a Vitaminic e OD2 vão prosperar à custa das grandes editoras discográficas. Estas, por sua vez, vão continuar a investir no mercado americano em detrimento do europeu, defende a Media MMXI.

De acordo com aquela consultora, até final de 2002, portais como o Yahoo, MSN e AOL vão transformar-se em "destinos" musicais online.

Mark Mulligan, analista, em comunicado de imprensa publicado no site Jupiter MMXI, clarificou que "para além daquele tipo de aplicações disponíveis com a banda larga, são de destacar os conteúdos pagos, jogos e leilões online, entre outras funcionalidades", acrescentando que "em 2002 esperamos que a tecnologia ocupe uma grande parte no desenvolvimento do mercado o que induzirá a que os consumidores voltem a frequentar a Internet".


Notícias Relacionadas:

2001-04-11 - Europa terá 14% dos lares com banda larga em 2005

2001-03-14 - Acesso à Internet aumenta, mas continua lento e muito caro

2001-02-07 - Utilizadores da Internet vão ser 1,17 mil milhões em 2005

2000-08-02 - Banda larga dispara na Europa até 2005

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.