A Microsoft terminou o quarto trimestre do seu ano fiscal com um crescimento nos lucros superior a 80 por cento (81 por cento). Os resultados líquidos da maior empresa de software do mundo tocaram os 2,69 mil milhões de dólares, contra os 1,48 mil milhões registados no mesmo período do ano passado. As receitas, por seu lado, apresentaram um crescimento de 15 por cento, fixando-se nos 9,29 mil milhões de dólares.



O crescimento dos resultados no trimestre, face ao período homólogo, reflectem os gastos enfrentados pela empresa (cerca de 750 milhões de dólares) entre Abril e Junho de 2003 com processos judiciais, reconhece a Microsoft. Numa declaração, a empresa considerou que o quarto trimestre foi bastante positivo demonstrando o esforço do grupo em melhorar as margens e controlar os custos, isto embora os resultados apresentados tenham ficado ligeiramente aquém das expectativas dos analistas.



O crescimento das vendas no mercado de PCs e servidores e o aumento das receitas publicitárias do serviço MSN estão entre os factores que contribuíram positivamente para as receitas. para o ano fiscal iniciado em Julho passado a Microsoft prevê receitas entre os 38,4 e os 38,8 mil milhões de dólares.



Esta semana a empresa anunciou o maior plano de remuneração accionista de sempre que irá visar um valor total de75 mil milhões de dólares, resultado da recompra de acções próprias no valor de 30 mil milhões de dólares e do pagamento de um dividendo especial de 3 dólares, ao que acresce a duplicação do dividendo normal.
Num comunicado separado, a empresa avançou ter já vendido 15,5 milhões de unidades da sua consola de jogos xBox, desde que a colocou no mercado há três anos atrás.



Notícias Relacionadas:

2003-05-30 - Microsoft e AOL põem fim à guerra dos browsers através de acordo

2004-04-23 - Lucros da Microsoft reflectem custos com processos judiciais

2004-01-23 - Microsoft reduz lucros e aumenta receitas

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.