A Sociedade Portuguesa de Autores e o YouTube chegaram hoje, 30 de junho, a acordo para que os músicos em Portugal possam obter rendimentos através da plataforma de vídeos. O modelo de exploração vai ser mais uma fonte de receita para os criadores que estão em Portugal. Com o novo acordo a SPA espera “estimular a criação de música portuguesa e encorajar a presença dos músicos locais no YouTube”, segundo revela a entidade em comunicado.



“Vídeos com trabalhos de detentores de direitos representados pela SPA serão, a partir de agora, pagos em Portugal, sendo que os titulares desses direitos irão receber uma comissão pela disponibilização dos seus vídeos na plataforma”, explica a SPA em comunicado. As receitas vão ter origem nos anúncios que vão anteceder os vídeos.



Na informação partilhada com a imprensa não são revelados os valores do acordo estabelecido entre as partes.



O entendimento entre a SPA e o YouTube surge um mês depois de as mesmas entidades terem celebrado um outro acordo. A plataforma de vídeos da Google vai pagar mais 120% por ano do que os valores anteriormente acordados, entre vídeos musicais e não musicais.


Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.