A fabricante finlandesa acaba de anunciar que irá cortar 1.700 postos de trabalho nos departamentos de vendas, marketing e desenvolvimento tecnológico.

Segundo a Nokia, a medida reflecte o mau período de vendas que tem atravessado, algo que obriga agora a uma adaptação estratégica do negócio com o intuito de reduzir custos. Se tudo correr cmo planeado, a fabricante conseguirá atingir poupanças na ordem dos 700 milhões de euros.

A empresa já deu início às negociações com os sindicatos para encontrar uma solução favorável a todas as partes. Salientou ainda que do total de funcionários a dispensar, 700 estão ligados à sede na Finlândia.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.