A Nokia anunciou que pretende abrir uma nova unidade de produção de equipamentos móveis na Índia. A fabricante finlandesa justifica a decisão com a necessidade de dar melhor resposta a uma procura crescente de equipamentos na região Ásia-Pacífico, que ao longo do próximo ano deverá ser a principal impulsionadora do crescimento mundial do mercado móvel.



Pekka Ala-Pietilä, presidente da companhia diz que o facto da "Índia se posicionar no coração de uma zona de rápido crescimento das comunicações móveis a torna uma opção atractiva para estabelecer a nova fábrica", avançou numa visita ao país onde também explicou que a decisão final sobre este investimento deverá ser tomada até meados do próximo ano, em coordenação com os parceiros chave da Nokia.



A realizar-se o investimento na abertura desta nova unidade deverá rondar os 100 a 150 milhões de dólares. No máximo da sua capacidade, a unidade indiana da Nokia - que será a décima em termos globais - irá empregar 2 mil funcionários.



Notícias Relacionadas:

2003-02-13 - Encerramento de centros de I&D da Nokia leva a despedimento de 550 funcionários

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.