Os norte-americanos parecem ser muito criativos no relacionamento que têm com os seus computadores portáteis, nomeadamente no que diz respeito aos locais e formas de utilização desses mesmo dispositivos, de acordo com o estudo "Laptops & Lifestyles", divulgado recentemente pela Intel Corporation.



Inquirindo mais de 2.400 utilizadores de computador, o estudo revela que os norte-americanos têm tendência para usar os seus portáteis em qualquer lado - casamentos ou funerais -, e muitas vezes enquanto fazem outras coisas. Oitenta e um por cento declarou usar os seus laptops em frente à TV, 60 por cento na cama, 54 por cento enquanto comem e 48 por cento confessa fazê-lo despido ou em roupa interior.



Quarenta e um por cento dos inquiridos afirmam usar os seus portáteis enquanto andam de carro, como passageiros, 39 por cento ao ar livre, 20 por cento enquanto andam de comboio ou autocarro, e 18 por cento no exterior. A terem que escolher as palavras que melhor exprimissem o seu sentimento quando estão acompanhados dos seus respectivos portáteis, os inquiridos respondem "organização" e "comunicação".



Entre os norte-americanos que agora usam um portátil, a necessidade de tê-los sempre a seu lado é forte. Mais do que um inquirido em cada quatro (28 por cento) declarou que o seu computador portátil está entre as coisas materiais mais preciosas que possui.



O estudo indica ainda que os utilizadores de computadores têm muita curiosidade acerca dos laptops dos outros. Quase metade (46 por cento) dos inquiridos admitiram espreitar para as máquinas das outras pessoas, uma prática mais corrente entre indivíduos que viajam com frequência (57 por cento), homens (53 por cento) e pessoas com menos de 35 anos de idade (54 por cento). Enquanto a maioria "espreita" para ver o estilo ou o design da máquina, 31 por cento estão interessados em saber qual a profissão do detentor da máquina, no próprio detentor (19 por cento) ou nos jogos que os mesmos apreciam (19 por cento).



Quanto a previsões, os consumidores acreditam que o computador portátil continuará a ser um ingrediente essencial nas suas vidas. A grande maioria (91 por cento) afirmou que esses mesmos dispositivos irão manter ou aumentar a sua importância durante os próximos dois anos.



O computador portátil ideal irá "permitir navegar na Internet onde quer que se esteja" (84 por cento), "pesar menos" (79 por cento), "ter uma bateria com mais autonomia" (57 por cento), "oferecer as capacidades para música digital" (57 por cento) "ou filmes" (56 por cento) que os desktop já têm actualmente, ao mesmo tempo que será possível "jogar a grande velocidade, com gráficos ricos" (49 por cento).



Notícias Relacionadas:

2002-03-18 - Dell lança computador portátil SmartStep 100N disponível por menos de 1000 dólares

2002-02-12 - Norte americanos aderem às Wireless Local Area Network

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.