O nível de adesão à Internet parece estar a chegar a um ponto de saturação em Espanha. Pelo menos segundo a Asociación para la Investigación de los Medios de Comunicación (AIMC) que afirma categoricamente "a Internet parou", na conclusão do mais recente estudo bimestral da evolução do mercado espanhol referente aos meses de Abril e Maio.



Durante estes dois meses, apenas 160 mil utilizadores se somaram ao número total de cibernautas espanhóis, que ronda os 7,9 milhões. Na edição anterior deste estudo, o número de utilizadores da Internet em Espanha aumentou um por cento, ao passo que nesta, referente aos dois últimos meses, registou-se apenas uma subida de 0,5 por cento.



Assim, no último ano, a Internet conquistou somente 820 mil novos adeptos em Espanha, em comparação com os 3,2 milhões de novos cibernautas espanhóis contabilizados entre Abril de 2000 e Abril de 2001. Em contrapartida, a imprensa escrita parece estar de boa saúde, dado que a difusão dos diários aumentou pela primeira vez desde 1995. As revistas, o cinema e a televisão mantiveram o mesmo nível de utilização.



Comentando estes dados, a associação responsável pelo estudo refere que "os que tinham que chegar à Internet já chegaram", indicando ainda que a utilização da Web por parte dos cibernautas existentes é cada vez maior: metade dos utilizadores declararam ter acedido à Internet nas 24 horas anteriores à realização da entrevista.



A grande dificuldade consiste agora em atrair novos utilizadores, refere a AIMC, que prevê que o nível de adesão à Internet "deverá voltar a crescer, mas é difícil adivinhar quando e o que motivará um novo crescimento".



Para a realização deste estudo, a AIMC realizou 14.559 entrevistas, tendo sido a primeira vez que os entrevistadores utilizaram computadores portáteis em lugar de blocos de notas para registar as respostas.



Este estudo indica também que o utilizador médio espanhol continua a pertencer ao sexo masculino (60,7%), enquadrando-se na faixa etária entre os 25 e os 34 anos e pertencendo à classe média. O número de cibernautas pertencentes à classe baixa desceu 2,6 por cento.



Com 29,3 por cento da população online, o País Basco é a região espanhola com o mais elevado nível de utilização da Internet, seguida da Catalunha (26,7%), Madrid (25,6%) e La Rioja (24,9%). As regiões com menos utilizadores da Internet são a Estremadura (13,9%), Castilla La Mancha (14,2%), Galiza (18,5%) e Castela e Leão (18,6%).


Notícias Relacionadas:

2000-12-14 - Internautas espanhóis duplicam

2000-11-29 - Utilizadores Internet espanhóis ultrapassam os 15 milhões

2000-11-13 - Espanhóis usam mais a Net

2000-05-02 - Espanha já tem 3 milhões de cibernautas (actualizada)

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.