Com uma estratégia de recuperação financeira claramente assente nos conteúdos pagos, a Yahoo! deverá encerrar 2002 com um número de subscritores acima do inicialmente previsto, ao mesmo tempo que estima um crescimento nas vendas de publicidade para o próximo ano.



Numa conferencia em Nova Iorque, Terry Semel, director executivo da empresa, citado pela Reuters, afirmou que os serviços da Yahoo! irão ultrapassar o seu objectivo inicial de dois milhões de subscritores no final do ano, esperando-se igualmente que os serviços de marketing cresçam 20 por cento em 2003.



As previsões da Yahoo parecem contrastar drasticamente com as estimativas apresentadas no início do mês pela AOL Time Warner, que afirma que as vendas de publicidade no seu negócio de acesso à Internet deverão sofrer uma queda de 50 por cento no próximo ano. A área de serviços de marketing da Yahoo inclui anúncios publicitários e listas de pesquisa pagas.



A empresa não alterou as suas previsões financeiras para 2003 feitas a Outubro passado, esperando receitas que poderão variar entre os 1,08 e os 1,18 mil milhões de dólares e um EBITDA situado entre os 250 e os 300 milhões de dólares.



Durante o terceiro trimestre, 70 por cento das receitas de subscrição da empresa estiveram relacionadas com quatro serviços, a saber, acesso à Internet, anúncios pessoais, armazenamento extra de correio electrónico e a possibilidade de aceder ao correio Yahoo através de software-cliente de email.



Notícias Relacionadas:

2002-10-10 - Resultados da Yahoo! novamente positivos devido a serviços pagos
2002-10-07- Yahoo! anuncia instant messaging para empresas
2002-07-11 - Yahoo! com lucro após seis trimestres de perdas consecutivas
2002-01-24 - Yahoo tenta recuperar desgaste financeiro apostando nos serviços pagos
2001-11-16 - Yahoo! despede funcionários e aposta nos serviços pagos

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.