A Orange e a T-Mobile revelaram hoje os detalhes que enformam a sua parceria para o mercado inglês. A joint venture vai chamar-se Everything Everywhere e fica com a gestão das redes móveis dos operadores, embora estes mantenham as suas marcas.

A intenção de fusão entre os negócios da Deustche Telekom, responsável pela T-Mobile, e France Telecom, que detém a Orange, tinha sido anunciada em Setembro de 2009, mas na altura não foram dados a conhecer os termos do acordo, com assinatura prevista para Outubro.

Hoje as empresas explicaram que criam uma joint venture para gerir as redes dos dois operadores mas mantêm as marcas Orange e T-Mobile, bem como as suas próprias lojas, campanhas de marketing, ofertas comerciais e centros de serviços independentes.

A Everything Everywhere inicia oficialmente operações a 1 de Julho, integrando os 16.500 funcionários que actualmente trabalham para as duas empresas. O cargo de director executivo foi atribuído a Tom Alexander, da Orange. Richard Moat, da T-Mobile, vai desempenhar as funções de administrador da área financeira e vice-presidente executivo.

Para além de tornar a maior empresa de comunicações móveis a actuar no mercado inglês, a fusão vai permitir aos clientes de ambas as operadoras usufruírem de melhor cobertura de rede.

Outra das vantagens para os cerca de 30,23 milhões de clientes das duas operadoras, esperada só lá mais para o final do ano, prende-se com possibilidade de efectuar chamadas ao mesmo custo para as duas redes.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.