A PalmSource tornou público um acordo através do qual adquire uma das maiores empresas do sector das comunicações móveis chinês, a China MobileSoft (CMS). Espera-se que a transacção termine com êxito antes de 28 de Fevereiro de 2005, ou seja, antes do final do terceiro trimestre fiscal da PalmSource, diz a fabricante em comunicado.




Com esta aquisição, a PalmSource pretende alargar o seu mercado como fornecedor de software para telefones e outros dispositivos móveis. A CMS e as suas subsidiárias oferecem actualmente aos seus clientes uma ampla gama de produtos de software, que incluem tanto aplicações para telemóveis convencionais, como para os chamados smartphones, ou telefones inteligentes, estando igualmente a trabalhar numa versão optimizada do Linux para dispositivos móveis.




A PalmSource deixou também a promessa de desenvolver uma versão do Palm OS sobre aquele sistema operativo. "Acreditamos que a combinação entre a PalmSource, a CMS e o Linux nos darão a tecnologia e a massa crítica de mercado para competir, nomeadamente, com as maiores empresas de sistemas operativos proprietários", refere David Nagel, presidente e CEO da PalmSource.




Notícias Relacionadas:

2004-02-10 - PalmSource muda de estratégia para se aproximar do mercado de telemóveis

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.