A ParaRede anunciou a aquisição da Whatevernet Computing. A empresa será integrada no portfólio de serviços da tecnológica nacional e a operação será realizada através de um aumento de capital, conforma adiantava já ontem Paulo Ramos, presidente da empresa (ver notícias relacionadas).



Os accionistas da Whatevernet que representam 95,797 por cento do capital da empresa contribuirão para a operação de aumento de capital através das suas participações que valem cerca de 23,6 milhões de euros, de acordo com um comunicado enviado à Comissão de Mercado de Valores Mobiliários. O remanescente das acções são capitais próprios.



Estes accionistas trocam os seus activos por novas acções da ParaRede emitidas a um valor de 0,37 euros, de acordo com o mesmo documento.



Conforme já havia adiantado Paulo Ramos o novo activo será integrado um procedimento idêntico ao dos restantes activos já adquiridos pela ParaRede. O brand da empresa desaparece e esta é totalmente integrada nas áreas de negócio existentes, neste caso os serviços.



A Whatevernet existia desde 1997 e actuava na área das soluções de computação em rede de elevada disponibilidade. Em 2003 fechou o ano com um resultados líquidos de 1,7 milhões de euros. Entre os accionistas desta empresa que conta actualmente com 80 empregados estão o BPI e a Cofina.



Notícias Relacionadas:

2004-12-15 - ParaRede deve finalizar novas aquisições até final do ano

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.