Está a decorrer o evento tecnológico Aveiro Tech Week, que promove a inovação. E em paralelo está também a realizar-se o Brazil Tech Days, um evento organizado pela brasileira Porto Digital, uma empresa que dinamizou o maior parque tecnológico no Recife no Brasil e procura agora criar sinergias com as empresas portuguesas dentro da sua estratégia de internacionalização.

No seu historial está a transformação do centro urbano de edifícios e arruamentos degradados num parque tecnológico, começando com três empresas que acompanhavam a Porto Digital em 2000, para mais de 350 neste momento. A empresa é especialista em economia criativa, produção de software, desenvolvimento digital e tecnológico, música e outras expressões artísticas.

Brazil Tech Days quer fazer a ponte de empreendedorismo entre Portugal e o Brasil
Brazil Tech Days quer fazer a ponte de empreendedorismo entre Portugal e o Brasil
Ver artigo

O SAPO TEK teve a oportunidade de entrevistar Mariana Pincovsky, diretora-executiva do Porto Digital, para explicar como pretende replicar este mesmo conceito em Portugal. “Pretendemos instalar um hub de empresas brasileiras em Portugal, promovendo a internacionalização do capital humano e retendo profissionais qualificados que desejam morar fora do Brasil”. A estratégia de internacionalização da Porto Digital passa por trazer algumas das suas empresas de inovação mais bem-sucedidas do seu parque tecnológico para Portugal e também “abrigar empresas portuguesas neste ambiente, promovendo a conexão dos dois países”.

Porto Digital
Hub tecnológico gerido pela Porto Digital em Recife, no Brasil. Créditos: Porto Digital

A escolha de Aveiro como localização para o seu novo polo tecnológico deve-se ao facto de a cidade estar a investir muito em tenologia e inovação, dando o exemplo das iniciativas Aveiro Tech City e o evento a decorrer Aveiro Tech Week, a qual está a participar em parceria com a ApexBrasil (Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos). “Aveiro tem uma localização estratégica, uma boa infraestrutura, qualidade de vida, uma universidade de qualidade comprovada e uma gestão pública que se mostrou muito recetiva ao projeto de internacionalização do Porto Digital”, refere Mariana Pincovsky. “Recife e Aveiro possuem até semelhanças geográficas com seus rios e canais cortando a cidade, e ambas são conhecidas como as “Venezas” de seus países”.

"Pretendemos instalar um hub de empresas brasileiras em Portugal, promovendo a internacionalização do capital humano e retendo profissionais qualificados que desejam morar fora do Brasil".

A sua infraestrutura no bairro histórico de Recife ativa o espaço, promovendo a económica do conhecimento. “Conseguimos elevar os serviços de tecnologia ao patamar de terceiro maior setor de receitas da cidade, e ao todo, as empresas do Porto Digital faturaram mais de 700 milhões de Euros em 2021”, acrescentando que essa transformação também atinge a vida profissional e atualmente tem mais de 15 mil colaboradores empregados espalhados pelas suas empresas e uma abertura de mais 1.000 vagas à espera de serem preenchidas por profissionais.

Em Portugal, neste momento, a Porto Digital ainda está em processo de mapeamento e prospeção para a atração das empresas para o seu futuro hub, mas o objetivo passa por integrar organizações dos dois países e criar sinergias entre si. Como próximos passos, Mariana Pincovsky explicou que é necessário avançar com as suas conexões ao poder público e ao ecossistema de tecnologia de Aveiro e regiões, “e também com as iniciativas de internacionalização de empresas brasileiras, com a agência ApexBrasil, que já está connosco aqui em Portugal a promover o Brazil Tech Days”.

Questionada sobre como podem Portugal e o Brasil cooperar para dinamizar o empreendedorismo tecnológico, Mariana Pincovsky acredita que as conexões são essenciais para a transformação e a inovação. “A aproximação de Brasil com Portugal através da tecnologia vai permitir uma via mais curta entre empresas que já se mostraram sólidas em nosso ecossistema com companhias de destaque em Portugal”. Salienta ainda que têm diversos projetos de empreendedorismo que se podem aproveitar para se expandir em Portugal, ampliando o seu mercado nas fases iniciais do seu negócio, “criando, assim, novas possibilidades para startups em estágio embrionário ou ainda em momento de crescimento em escala”.

Porto Digital
Mariana Pincovsky, diretora-executiva do Porto Digital

Sobre a sua programação durante o Brazil Tech Days, a decorrer até ao dia 16 de outubro em Aveiro, a Porto Digital está com programas de tecnologia, inovação, negócios e cultura. “Vamos promover uma série de painéis setoriais que envolvem assuntos importantes para a internacionalização de empresas, com temas como incentivos corporativos, fundos europeus de apoio à ciência e tecnologia, legislação trabalhista, tributária e vistos para Portugal, apresentação de projetos já existentes em Aveiro e região, entre outros”.

Através da parceria com a ApexBrasil, vai realizar-se uma série de rodadas de negócios para conectar empresas brasileiras a investidores portugueses. “Ainda na nossa programação, também promoveremos workshops de música brasileira e um concerto aberto para celebrar a junção de ritmos brasileiros e portugueses com a participação de artistas dos dois países”.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.